1001 razões para não usar o facebook

Essa postagem ainda está incompleta, em breve será atualizada.

Porque você não deve usar ser usado pelo facebook?

Publicar uma foto no facebook (ou instagram) contribui para que essa pessoa seja vigiada/monitorada, então depois de concluir minhas primeiras resoluções de 2018, espero que você evite publicar fotos minhas por lá também, ok? Obrigado.

Um dos únicos motivos para se estar na rede do mark é estar interado de festas e eventos que rolam na cidade e são organizados exclusivamente por lá, para esses casos, deixo o pedido para que você como bom amigo me intere sobre eles por e-mail, caso você também já tenha deixado a rede, certamente conhece alguém que ainda possui conta e pode fazer isso por nós.
Finalizando a principal motivação para qual eu ainda participava da rede, segue agora um copilado extenso de motivos para o qual você deve excluir (não desativar) sua conta o mais breve possível.

## Nomes Reais
Você sabia que o facebook exige que os usuários usem seus nomes reais a contrapartida de suspenção da conta?
Essa é a primeira regra que torna o facebook um grande problema. Sua política de “nome real” é intrusiva com os outros. Você no máximo poderá usar um nick se ele for realmente conhecido, mas de qualquer forma fica refem de decisões arbitrárias. O famigerado “usa quem quer”. Mas quem eles não querem, não podem usar. Você pode realmente estar se esforçando para fazer do mundo um lugar um pouco melhor dentro da sua realidade, mas não adiantará nada se estiver refem dessas políticas e acredite, são seus próprios amigos que iram te denunciar. Realmente, o algoritmo perfeito.
E não se engane com as opções de privacidade dentro do seu menu de configurações, elas só servem para te dar uma boa falsa impressão.

## Censuras
# Políticas
O ano de 2018 começou e nosso calendário de eventos está recheado: carnaval, copa e eleições. Tirando as festas e o grande evento esportivo, já se deve imaginar o quão repressor o facebook pode ser com suas opniões políticas. Desde de 2016 ficou cada vez mais visível o posicionalmento da mídia brasileira em relação as suas preferências políticas e com o facebook não foi diferente, ele bloqueou páginas de protestos na rússia, cedeu à censuras religiosas na turquia e censuras políticas na china. Cansado da grande demanda de censura, chegou a desenvolver um software para que os próprios governos controlem diretamente a censura do que o país pode ou não ver. É mole? E os casos de censuras não param, porque as políticas sobre isso são controversas. Nem tente fazer denuncias contra poderosos ou ser muito ativista, você irá ser bloqueado.

# Jornalisticas
É claro que com o título de maior rede social do mundo, os jornalistas do século XXI passam mais tempo no facebook do que em qualquer outro lugar, o problema continua sendo com o algoritmo que controla os usuários. A censura da Swedish Cancer Society’s em 2016 mostra o quão bizarra essa censúra pode ser. Claro, mas só se você for uma ONG. Já existem previsões catastróficas para nossos tempos atuais caso algo não pare o efeito jornalistico que o facebook exerce atualmente. A forma como a empresa se porta com a censura também é algo assustador.

# Pessoais
Já fique sabendo, caso um dia ocorra de te prenderem por qualquer motivo que seja: sua conta do facebook poderá ser excluída. A arbitrariedade como isso ocorre é feita de forma totalmente “sem sentido”. Gays ou mulheres não importa, se você é uma minoria já está em desvantagem na política de censura do site, mas tente ainda acreditar que sua timeline está cuidadosamente organizada com base em seus likes e emojis de reação. Eles querem ser seus amigos e ver você feliz!

## Privacidade
Esplanado sobre como o seu nome real é importante para o facebook e os tipos de censuras que acontecem no site, vamos falar agora sobre como ele controla seus dados.

# Dados Pesoais
O facebook compra dados pessoais de vários corretores de dados e correlacionam com o que ele descobre diretamente sobre seus usos. Alguns plugins de comentários em sites também repassam suas informações para o facebook. E eles por sua vez o que fazem com tanta informação sua? Parcerias com cartões de créditos e bancos para aprenderem mais sobre seus consumos. Apesar da notícia dizer que os dados repassados são anônimos, a co-relação deles com o seu usúario é totalmente possível.
Os experimentos que essa empresa faz com os usuário chega a ser doentil, assim como muita coisa aqui já exposta. Nesse link tem todas as informações que ele usa sobre você para te sugerir uma propaganda.

Lembra quando o facebook comprou o whatsapp e comprometeu-se a não combinar os dados de um aplicativo com o outro? Pois é, nessa altura do texto você já deve saber que ele fez exatamente isso. Em um descuidar de clicks, você pode fazer o upload de todos os seus contatos para o facebook de uma só vez, olha que coisa.
Sabe quando você usa o facebook para fazer login em algum outro aplicativo? Pois é, dê uma olhada em quantas informações ele repassa para esses apps:
facebook_id

Já pensou que até o que você NÃO posta está sendo monitorado? Então, além disso eles também sabem onde está o ponteiro do seu mouse antes mesmo de você clicar. (e se você não clicou)
A neura por tracking é tão grande que eles rastreiam até quem não tem facebook! E é claro que isso na europa é proibido. Só de ter o aplicativo instalado já é o suficiente para você ser rastreado. Se você tiver curioso pra saber mais sobre esse rastreio de não-usuários, da uma olhada aqui.

Não quero parecer conspiracionista, então deixe sua imaginação fluir com essa notícia.

Ta cansado? Calma que tem mais vai ter mais: ele também estraga relacionamentos (o que não é novidade) e acredite: até um texto inocente pode te causar muitos problemas.

# Dados sociais
# Dados, dados e + dados.
## Publicidade
## Engenharia Psicológica
## Controle Midiático
## Outros

Continua.

Olá, mundo!

Essa postagem é padrão quando se faz uma nova instalação do wordpress então estou me aproveitando dela para lembrar a data que comecei a fazer isso aqui.

Demorou algum tempo para que o site estivesse minimamente do jeito que eu planejei inicialmente e, apesar de ainda não estar exatamente como nesses planos, já o considero usável.

Decidi investi mais em uma plataforma própria por alguns motivos: o primeiro e mais importante (o que talvez seja óbvio também) é que eu sei fazer isso, e gosto! Ah, e como eu gosto! Trabalhar com desenvolvimento web foi o que me motivou a estudar TI e me fazer ganhar dinheiro hoje em dia. Devo muito para as comunidades de programadores que me acolheram no orkut.

O segundo motivo para começar a escrever em um blog e compartilhar notícias relevantes (ao menos pra mim) é que já não suporto mais as redes sociais e a falsa impressão que elas nos dão de proximidade com nossos amigos, isso já virou doentil. Talvez eu seja o cara que mais teve rede social em toda a internet, nesses últimos seis meses eu desativei mais de vinte! É tanto lixo eletrônico que espalhamos pela internet que nem nos damos conta. Tenho certeza de que nunca você irá se importar com isso até querer “limpar” seu nome no google, é realmente uma tarefa muito complicada e em alguns casos, acredite: impossível.

Então a forma mais clean&soft onde eu posso ter o controle total de tudo o que é acessado/publicado/armazenado/guardado é fazer tudo do zero, sem que nenhuma grande plataforma boazinha me dê conta gratuíta em troca de “alguma publicidade”. Quando você entende o jogo que todas essas empresas de marketing fazem com as grandes corporações fica fácil dizer não a praticidade que elas nos oferecem.